O ensino da fé cristã na Península Ibérica
(séculos XIV, XV e XVI)

ST4: A privança como instrumento de poder: aconselhar, prescrever e dominar no Ocidente Medieval (X-XV)

Coordenadores: Ana Luísa Lourenço (UNB) e Thiago Magela (UFF)

Horário do Simpósio: 20/09 16:00

A historiografia dedicada ao Ocidente Medieval abordou amplamente e através de diversos prismas o desenvolvimento e aplicação dos dispositivos jurídicos e formais que surgiram durante o processo de consolidação das monarquias Baixo-medievais. Apesar disso, a privança régia recebeu pouca atenção dessa historiografia, ainda que pujantes estudos prosopográficos tenham se desenvolvido nos últimos anos. É necessário, porém, que admitamos que os laços de amizade, parentesco, aliança e fidelidade se constituíam como vínculos fundamentais nas relações de poder e, mais especificamente, entre conselheiro-aconselhado. Assim sendo, esse Simpósio Temático procura fomentar o diálogo entre pesquisas que analisam o papel de personagens, grupos sociais e instituições que disputavam um lugar hegemônico próximo aos monarcas, bispos e abades, ou seja, àqueles que detinham formalmente o poder decisório. Da mesma maneira, os trabalhos que analisam as disputas por classificação das hierarquias sociais, dos corpos e almas, e da natureza são também essenciais para se compreender o período de forma mais ampla e complexa, pois contribuem para uma visão mais social dos processos de afirmação das monarquias cristãs ocidentais entre os séculos X-XV.